PBNEWS


Cidades

Pavilhão do Citenel+Seenel 2017 apresenta soluções tecnológicas para desafios da energia elétrica no País

Visitar o Pavilhão de Exposição, no Centro de Convenções, com a Mostra de Produtos e apresentação dos estandes das empresas do setor energético no Citenel+Seenel 2017 é uma verdadeira imersão tecnológica. São aproximadamente 100 inovações geradas por projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e Eficiência Energética (EE) expostos no Centro de Convenções de João Pessoa, […]

03/08/2017 20:35

Visitar o Pavilhão de Exposição, no Centro de Convenções, com a Mostra de Produtos e apresentação dos estandes das empresas do setor energético no Citenel+Seenel 2017 é uma verdadeira imersão tecnológica. São aproximadamente 100 inovações geradas por projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e Eficiência Energética (EE) expostos no Centro de Convenções de João Pessoa, onde acontece pela primeira vez o maior encontro do setor energético do país.

São drones, robôs, equipamentos de realidade virtual, carro elétrico e outras novidades na área de sustentabilidade e economia de energia. Entre elas, está o mini helicóptero apresentado pelas Centrais Elétricas de Santa Catarina – CELESC – para fazer a inspeção autônoma de linhas aéreas de transmissão e distribuição. O pesquisador Luiz Afonso Athayde, contou que o equipamento tem um software que vai identificando toda a linha de transmissão, fotografando e identificando os problemas. “Com a padronização de inspeções e o aprimoramento do o fornecimento e da qualidade de energia”, explicou.

Já a Cemig – Companhia Energética de Minas Gerais, além dos drones, aparelhos de realidade virtual, mini aviões, apresentou uma vasta literatura dos bem sucedidos projetos de P&D, como as publicações do Projeto Peixe Vivo, que engloba a transposição de peixes, aborda as condições ecológicas em bacias hidrográficas de empreendimentos hidrelétricos, avaliação de risco de morte de peixes em Usinas Hidrelétricas. Ainda na questão da preservação, a empresa AES Tietê, de São Paulo, mostrou sua atuação na aplicação de biotecnologias avançadas para salvar espécies de peixes ameaçados, como é o caso do bagre sapo. George Shigueki Yasui, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade e do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Peixes Continentais, pesquisador do projeto, explicou que a técnica foi desenvolvida para ter um banco genético e que isso pode ser feito com todas as espécies. “Aplicamos material genético do peixe bagre sapo no Mandi, que é facilmente encontrado, é como uma barriga de aluguel”, comentou Yasui.

Já a CPFL – Companhia Paulista de Força e Luz – a maior empresa energética do País, exibiu o carro elétrico. São 20 veículos rodando na região metropolitana de Campinas. Lá, há 25 postos de recarga, dois deles na rodovia que liga Campinas até a Capital paulista, trecho que já está conhecido como “Corredor Elétrico”. Os visitantes podem conhecer as novidades gratuitamente no pavilhão do Centro de Convenções até sexta-feira (4), último dia do evento.

O site do evento é http://www.citenelseenel2017.com.br/.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS