PBNEWS


Câmara

Luta por reafirmação dos direitos da mulher conduz discursos na CMJP

O ‘Dia Internacional da Mulher’, celebrado nesta quinta-feira (8), inspirou homenagens da vereadora Helena Holanda (PP) e do vereador Bruno Farias (PPS) durante a sessão ordinária desta manhã na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). Ambos destacaram a não tolerância às várias facetas em que se apresenta a violência de gênero.

08/03/2018 14:57

O ‘Dia Internacional da Mulher’, celebrado nesta quinta-feira (8), inspirou homenagens da vereadora Helena Holanda (PP) e do vereador Bruno Farias (PPS) durante a sessão ordinária desta manhã na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). Ambos destacaram a não tolerância às várias facetas em que se apresenta a violência de gênero.

A parlamentar alertou que as mulheres devem ocupar mais espaços na sociedade e julgou tanto absurdos quanto inaceitáveis os altos números que as estatísticas da violência contra o segmento registram.

“Quero andar com todas e todos lado a lado e que vigore o respeito sem olhar a quem. Hoje é o dia de luta por nenhuma mulher a menos e de lembrar que é necessário mais punições ao assédio e discriminação de gênero”, enfatizou Helena Holanda, sugerindo também mais sororidade (união e aliança entre mulheres baseadas na empatia e companheirismo) entre as mulheres.

Bruno Farias comentou que a data comemorativa é uma oportunidade de reafirmação de direitos sobre o papel que as mulheres têm na sociedade, de suas conquistas e para projetar o olhar social em função disso para um futuro mais igualitário.

Sessão Ordinária 08-03-2018 Olenildo 086

“É um dia em que devemos ter a consciência de que não se pode mais tolerar preconceitos e indignações, a violência doméstica, física, psicológica ou moral. Digamos não aos assédios, gritemos ao mundo que não aceitamos mais condições e tratos subumanos para com as mulheres”, convocou o vereador, fechando seu pronunciamento com um poema-homenagem.

Confira o poema do parlamentar na íntegra

Mulher: o mais Belo Milagre de Deus

“A mulher é a beleza suprema,

A melodia de todo poema

E a moldura de uma obra-prima.

É uma energia que nos anima

E um sentimento que impulsiona.

É o comedimento que traz à tona

Toda loucura das paixões desmedidas.

É o ventre que concebe nossas vidas

E o jazigo de nossas desilusões.

Por ela, os homens planejam incursões

Pelo coração à procura de amor.

É a mão estendida sempre a dispor

Ajuda, docilidade e simpatia.

É a guerreira que luta a cada dia

Pela defesa plena de seus direitos,

Demolindo os tabus e preconceitos,

E enfrentando diversos desafios,

Sem perder os adornos e atavios

Que ornamentam o seu belo esplendor.

São olhares meigos que sabem se impor,

São curvas fascinantes e leves traços,

São mil beijos, carícias e abraços,

São prazeres, confidências e segredos.

É a coragem para superar os medos

E o farol que ilumina o trilho.

É proteção materna para o filho,

É doação eterna para quem ama.

É o romance, a ficção e o drama,

O enredo da história mais completa,

A musa inspiradora do poeta

E um milagre para quem professa a fé,

Pois Deus, que já criou tanta coisa linda,

Só não conseguiu se superar ainda

Com um prodígio mais belo que a mulher!!!”

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS