PBNEWS


Cabedelo

Cabedelo passa a contar com Pelotão de Proteção Ambiental

A Secretaria de Meio Ambiente, Pesca e Aquicultura (Semapa) de Cabedelo promoveu, na manhã desta sexta-feira (1º), no Auditório do Procon Municipal, a aula inaugural do Treinamento do Pelotão de Proteção Ambiental de Cabedelo. A equipe, fruto de uma parceria inédita entre a Semapa e a Guarda Civil Municipal (GCM), conta com um efetivo de […]

02/09/2017 19:20

A Secretaria de Meio Ambiente, Pesca e Aquicultura (Semapa) de Cabedelo promoveu, na manhã desta sexta-feira (1º), no Auditório do Procon Municipal, a aula inaugural do Treinamento do Pelotão de Proteção Ambiental de Cabedelo. A equipe, fruto de uma parceria inédita entre a Semapa e a Guarda Civil Municipal (GCM), conta com um efetivo de 15 servidores que atuarão no policiamento dos crimes ambientais.

O Pelotão de Proteção Ambiental terá uma atuação distinta da dos fiscais ambientais do município. Enquanto estes atuam como auditores ambientais, restritos às análises técnicas, processuais e de aplicação de multas, aqueles agirão diretamente no âmbito do policiamento dos crimes ambientais. Inicialmente, porém, os Guardas Ambientais terão uma postura voltada à vigilância, a um policiamento ostensivo, preventivo e de educação ambiental.

O prefeito Leto Viana esteve presente à aula inaugural e destacou a oportunidade de autopromoção e valorização profissional dos servidores que comporão o Pelotão Ambiental.

“Estamos felizes em poder concretizar esse projeto tão importante para nossa cidade e para a equipe que atuará dentro dessa nova abordagem. Entendemos a importância do trabalho realizado pela GCM, por sua proximidade com o cidadão, o que exige de todos nós o devido preparo profissional, além das condições técnicas e materiais para o bom desempenho dessa missão. Essa é uma iniciativa que promove a especialização das atividades da Guarda Municipal, e é fruto de uma parceria promissora com a Semapa”, disse.

O treinamento está sendo coordenado pelo fiscal ambiental Daniel Bozi Ramalho, e deve abordar conceitos básicos da legislação ambiental e apresentar aos participantes os limites das suas áreas de responsabilidade, a exemplo de prevenção a incêndios criminosos e poluição criminosa em seus vários níveis: terrestre, atmosférica e sonora.

Para o secretário da Semapa, Walber Marques, o Pelotão vem suprir uma carência do município. “Apesar da atuação já efetiva da GCM nas áreas protegidas, faltava um ordenamento específico para a área ambiental. Agora, teremos um efetivo com poder de polícia especializado nas questões de meio ambiente. Neste esforço, a Semapa se encarregará do fornecimento de capacitações, de veículo próprio, fardamento específico e demais recursos materiais e tecnológicos para o bom desempenho que o Pelotão terá pela frente”, destacou.

O secretário da Guarda Civil, Isaías Vieira, enalteceu o pioneirismo da parceria firmada com a Semapa e o preparo dos GCMs designados ao Pelotão.

“Cabedelo se torna um dos poucos municípios brasileiros a ter sua Guarda Ambiental Municipal. Pretendemos entrar em operação ainda este ano, logo que cumpridas as exigências legais e adequada a equipagem do Pelotão. Também daremos ênfase às capacitações, como a de hoje, inclusive em parceria com a Polícia Ambiental do Estado da Paraíba. Dada a importância desse trabalho, designamos nossos mais preparados profissionais, todos de nível superior, em busca de uma atuação pautada pela excelência”.

Atuação – Os Guardas serão designados, prioritariamente, às áreas de praia, de mangue e do parque natural (Mata do Estado), além de áreas urbanas, coibindo a poluição sonora, como a dos conhecidos “paredões de som”. Por outro lado, algumas áreas do município receberão especial atenção no combate ao lançamento criminoso de resíduos da construção civil, a exemplo do Parque Esperança e Salinas Ribamar, próximas à linha férrea.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS