PBNEWS


Brasília

Ivonete Ludgério avalia positivamente primeiros 90 dias à frente da CMCG

A vereadora-presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, Ivonete Ludgério, fez uma avaliação positiva dos seus três primeiros meses de gestão, marcados por muito trabalho e contenção de despesas, através, inclusive da adoção de algumas medidas consideradas impopulares – como a demissão de alguns servidores que não poderiam mais constar na folha de pagamento da […]

27/03/2017 10:46

A vereadora-presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, Ivonete Ludgério, fez uma avaliação positiva dos seus três primeiros meses de gestão, marcados por muito trabalho e contenção de despesas, através, inclusive da adoção de algumas medidas consideradas impopulares – como a demissão de alguns servidores que não poderiam mais constar na folha de pagamento da Casa – mas indispensáveis à quitação de débitos da gestão anterior.
Ela afirmou que dará continuidade à contenção de gastos, com vistas ao melhor funcionamento administrativo da Casa de Félix Araújo e, sobretudo, ao equilíbrio financeiro que projeta alcançar ao término do ano e lhe proporcionará, por exemplo, a possibilidade de realizar concurso público em 2018, pois o quadro de pessoal conta com apenas onze servidores efetivos e muitos deles, temerosos com os efeitos da iminente reforma da Previdência, estão recorrendo à aposentadoria.
Para ela, isso demonstra que coragem e determinação não lhe faltam, bem como determinação para continuar a organizar a Casa e encerrar o mandato de presidente com o dever cumprido. “Minha primeira característica é a fé, tanto que estou no quarto mandato de vereadora, em uma Câmara onde sou a única mulher dentre 23 parlamentares, que me escolheram para presidi-la”, destacou.
Redução de recesso
Ivonete Ludgério acredita que a sociedade reconhecerá os 19 dias a mais de trabalho decorrentes da redução do recesso legislativo, pois haverá mais sessões ordinárias, que oportunizarão a criação de leis, debate de projetos do Executivo para a cidade de Campina Grande e também de demandas oriundas da população.
Ela esclareceu que durante o período de recesso ou quando não estão nas sessões ordinárias realizadas de terça a quinta-feira, os vereadores atuam, participando de reuniões das comissões temáticas da casa, que funcionam em sua plenitude, além do trabalho desenvolvido no dia a dia na cidade, atendendo às demandas da população. “Ainda assim, infelizmente, não conseguimos agradar a todo mundo”, disse, referindo-se a algumas pessoas que chegam a defender o fim do recesso.
Database
Por fim, a vereadora-presidente Ivonete Ludgério assegurou que a partir do próximo mês de abril deverá entrar em negociação com os funcionários efetivos da Câmara, para discutir o índice de reajuste salarial a ser concedido por ocasião da data-base que ocorre em maio. “Tenho feito tudo para cumprir as determinações legais, porque nós somos uma casa que legisla e não podemos de jeito nenhum infringi-las”, concluiu.

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS