COVID-19 : Famup participa de videoconferência com Ministro da Economia, Paulo Guedes

A Federação de Associações dos Municípios da Paraíba (Famup) participou, neste domingo (29), da reunião por videoconferência com o Ministro da Economia, Paulo Guedes; com o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi e demais representantes municipais para debater ações que possam auxiliar no combate ao coronavírus nas cidades brasileiras.
 
Para o presidente da Famup, George Coelho, a conversa com Paulo Guedes foi produtiva e oportuna para o momento que o Brasil enfrenta. “No sábado todos os presidentes de associações conversaram com Glademir e elencamos pontos que foram apresentados por ele durante a videoconferência. Acredito que este é um tempo em que todos precisam estar alinhados para combater a Covid-19 e os municípios precisam estar preparados para as possíveis necessidades”, frisou George.
 
Entre as ações solicitadas pelo representante nacional dos municípios esteve a liberação de R$ 2 bilhões para Assistência Social, reforçando que as cidades esperam a liberação de recursos atrasados; A antecipação do pagamento das emendas parlamentares e o atendimento da reivindicação do movimento municipalistas de zerar a fila de espera do Bolsa Família; O deferimento, por quatro meses, do recolhimento da dívida previdenciária e da contribuição patronal sem encargos e com possibilidade de parcelamento dos Municípios com a União; Liberação de uma linha de financiamento para pagamento de precatórios por parte do Municípios brasileiros e a suspensão temporária da negativação dos Municípios e dos Consórcios de Municípios.
 
George declarou que o momento é de diálogo para um melhor emprego dos recursos utilizados no combate ao coronavírus. “É sabido que as consequênciasda Covid-19 não atingem apenas a saúde, mas vários outros setores, principalmente, o econômico. Nosso objetivo é manter o diálogo para não permitir que os municípios sofram os impactos econômicos da pandemia, que se alastra por diversas partes do mundo. Esperamos um retorno do Ministro, acreditando que teremos boas notícias para cidades paraibanas”, concluiu.

Publicidade