PBNEWS


Brasil

Em live, advogados paraibano e peruano abordam combate à corrupção nos poderes no Brasil e no Peru

Advogados brasileiros, peruanos e de outros países da América Latina poderão se inteirar das novidades no tocante ao combate à corrupção, numa live gravada pelos especialistas Wilson Furtado (fundador do escritório de advocacia Wilson Furtado Roberto Consultoria e Assessoria Jurídica e do Portal Juristas, em João Pessoa) e o professor José Antonio Neyra Flores, da […]

18/07/2019 17:08

Advogados brasileiros, peruanos e de outros países da América Latina poderão se inteirar das novidades no tocante ao combate à corrupção, numa live gravada pelos especialistas Wilson Furtado (fundador do escritório de advocacia Wilson Furtado Roberto Consultoria e Assessoria Jurídica e do Portal Juristas, em João Pessoa) e o professor José Antonio Neyra Flores, da Universidade Católica do Peru e da Universidade de San Martín de Porres, ambas na Capital, Lima.

Na live, Wilson Furtado Roberto e José Antonio Neyra Flores falarão sobre crime organizado no Peru e sobre os casos de corrupção envolvendo o ex-presidente do país,  Alberto Fujimori, bem como a Construtora brasileira Obredecht, acusada de pagar propinas a autoridades do Brasil e de outros países, em troca da construção de obras públicas.

A live será transmitida, na noite desta quarta-feira, pelo perfil do Portal Juristas no Instagram a partir das às 19h (horário de Brasília). “Também abordaremos a corrupção que resulta em crime do colarinho branco envolvendo importantes autoridades no sistema jurídico dos dois países”, afirma Wilson Furtado.

Sobre José Antonio Neyra Flores

É doutor em Direito com a tese “As influências das Técnicas de Contencioso Oral no Sistema Acusatório” e  autor do “Manual de Direito Processual Penal e Contencioso Oral” (IDEMSA, 2010) e do “Tratado de Direito Processual Penal” (IDEMSA, 2015). Também é professor da Universidade San Martín de Porres, da Pontifícia Universidade Católica do Peru, da Universidade Nacional de São Marcos e da Academia da Magistratura.

E mais:  é Juiz da Câmara do Supremo Tribunal Criminal do Peru desde o ano de 2009. Foi juiz titular superior de Lima entre 1994 e 2008. Ainda atuou como juiz Criminal de Lima entre 1990 e 1994 e foi relator da Câmara do Supremo Tribunal Penal entre 1988 e 1990. O magistrado peruano também foi docente em Direito Processual Penal e Contencioso Oral nos 33 Distritos Judiciais do Peru, Argentina, Áustria, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Espanha, Guatemala, México, Porto Rico e Uruguai.

Tem títulos de Doutor Honoris Causa concedidos pelas universidade de San Pedro de Chimbote, Antonio Guillermo Urrelo de Cajamarca, Continental de Junin, De los Andes, Nacional Hermilio Valdizán, Andina Néstor Cáceres Velásquez, Nacional Toribio Rodriguez, de Mendoza, e Nacional de Ucayali.  

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS