PBNEWS


Brasil

Fiscalização do Creci-PB é destaque em nível nacional

Fiscalização do Creci-PB é destaque em nível nacional A equipe de fiscalização do Conselho Regional de Corretores de Imóveis da Paraíba recebeu na manhã desta quarta-feira (24), em Brasília, uma premiação do Conselho Federal de Corretores de Imóveis pela melhor atuação entre todos os Estados do Nordeste. O fiscal Ubirajara Prímola também foi premiado como […]

24/04/2019 15:56

Fiscalização do Creci-PB é destaque em nível nacional

A equipe de fiscalização do Conselho Regional de Corretores de Imóveis da Paraíba recebeu na manhã desta quarta-feira (24), em Brasília, uma premiação do Conselho Federal de Corretores de Imóveis pela melhor atuação entre todos os Estados do Nordeste. O fiscal Ubirajara Prímola também foi premiado como destaque individual.

Pelo empenho na atividade fiscalizatória, o Creci-PB foi o que mais produziu no decorrer de 2018 na Região e o quarto no País “A premiação foi instituída pelo Cofeci, a partir de metodologia proposta pelo Creci do Mato Grosso do Sul”, lembrou o diretor de fiscalização nacional do Cofeci, Claudemir Neves.

O destaque em relação aos demais Estados se deu por conta do efetivo combate ao exercício ilegal da profissão e empreendimentos ilegais, bem como do programa Creci-Itinerante, que percorreu bairros da Capital e cidades da região metropolitana, além de municípios do interior da Paraíba, a exemplo de Cabedelo, Conde, Campina Grande, Bananeiras, Guarabira e Santa Rita.

O programa foi montado em cima de uma unidade móvel (van equipada para fazer o atendimento) adquirida com recursos próprios, pronta para atender à população no tocante ao esclarecimento de dúvidas sobre documentação, certidões e contratos necessários para o fechamento de um negócio imobiliário.

Creci-Itinerante

A equipe da unidade móvel também recebe denúncias sobre o exercício ilegal da profissão e da atuação dos corretores e das imobiliárias. Mas o programa Creci-Itinerante não se limita a atender à população. Também direciona as atividades aos profissionais, oferecendo, dentre outros, serviços como inscrições de pessoas física e jurídica e parcelamento de débitos, entre outros.

 “Assim, proporcionamos acessibilidade e descentralização administrativa dos serviços oferecidos pela instituição, com a atuação fortalecida por termos de cooperação técnica firmados com órgãos como o Ministério Público estadual”, afirmou o presidente Rômulo Soares. De acordo com um relatório divulgado pelo Creci-PB, a produtividade atingiu, em 2018, os seguintes números que colocaram a instituição na dianteira da produção na Região Nordeste:

– 814 processos instaurados; 10.195 autos de constatação; 372 notificações; 1.212 autos de infração e 69 autos de infração de exercício ilegal da profissão.

A equipe de fiscalização é composta por Hermano Azevedo (coordenador), Sérgio Pereira, Liliane Dias (administrativo), Marina Stuckert, Valéria Paiva e Ubirajara Prímola.

As cidades visitadas nas quais foram constatadas infrações foram as seguintes: Bananeiras, Barra de Santa Rosa, Bayeux, Brejo do Cruz, Cabedelo, Cajazeiras, Campina Grande, Conde, Esperança, Guarabira, Gurinhém, Itabaiana, Lagoa Seca, Mamanguape, Monteiro, Patos, Pocinhos, Pombal, Queimadas, Rio Tinto, Sapé, Santa Rita, São Bento, São Mamede, Solânea, São José de Espinharas, Sousa e Uiraúna.  

Leia também

[« Voltar]

Fale conosco Siga-nos no Twitter RSS